Esta mostra, realizada na sala dos audiovisuais, pretende dar a conhecer as adaptações cinematográficas da obra da escritora, tais como FranciscaVale AbraãoO ConventoInquietudeO Princípio da IncertezaEspelho MágicoA Corte do Norte ou A Sibila. O destaque inclui, igualmente, os filmes que contaram com a sua colaboração, casos de Visita ou Memórias e ConfissõesO Som da Terra a TremerPartyFrágil como o MundoPorto da Minha InfânciaA Conquista de Faro e A Portuguesa.

Segundo palavras da laureada escritora, ao Diário Popular de 8 de junho de 1967, “o cinema é uma experiência alugada. As pessoas tímidas ou imaturas sentam-se numa sala escura e deixam-se interpretar ambiciosamente pelos profissionais da imaginação. Quanto mais a vida parece agressiva e inexpugnável, mais uma multidão absorta corre às sessões de cinema e se submete à lição da comédia humana”.

Recorde-se que a partir de 15 de outubro, data do centésimo aniversário desta figura incontornável da Literatura portuguesa, e por um ano, o Município da Póvoa de Varzim está a promover um grande programa de comemorações, que começou com o descerrar da placa evocativa à efeméride na Villa Myosotis pelo Presidente da Câmara e continuou com uma mostra documental na Biblioteca Municipal.